Archive for the ‘web’ category

R7 Erros e 7 Dúvidas

30/09/2009

Esta seman ouve a estréia do novo portal de notícias, o R7, não pude conferir a maior parte do site, mas andei dando uma olhada no blog do Cosme Rimoli, sobre futebol. Bom, não sei se vão concodar comigo, mas deem uma olhada, não encontrei nenhuma releção entre as imagens e o assunto do post. Confiram só!


Não é íncrivel?
Dúvida disso tudo? Olhe você mesmo então blogs.r7.com/cosme-rimoli/

Anúncios

Tabela de Alt Codes: códigos de caracteres especiais

03/03/2009

Caracteres especiais, também conhecidos como Alt Codes, ou ainda Alt Characters, é uma forma diferente de digitar sinais e letras do alfabeto com o auxílio do teclado. Tudo é feito através de códigos, utilizando a tecla Alt e o teclado numérico. Algumas combinações são bem menos práticas que a forma usual (alguém escreveria a letra “a” usando o código Alt 97?); outras, porém, são extremamente úteis para determinadas pessoas, dependendo da profissão que exercem, ou curso acadêmico que fazem. Como pode, por exemplo, um advogado trabalhar sem o sinal de parágrafo (§)? E também tem sido utilizados em nicks, que mais vale a criatividade no caso.

Então ai vai a tabela, bom proveito!

 

Sinal

Código

 

Sinal

Código

 

Sinal

Código

 

Sinal

Código

 

Sinal

Código

 

[backspace]

 

 

Alt 8

 

 

 

E

 

 

Alt 69

 

 

 

q

 

 

Alt 113

 

 

 

ó

 

 

Alt 162

 

 

 

®

 

 

Alt 0174

 

 

[tab]

 

 

Alt 9

 

 

 

F

 

 

Alt 70

 

 

 

r

 

 

Alt 114

 

 

 

ú

 

 

Alt 163

 

 

 

¯

 

 

Alt 0175

 

 

[line break]

 

 

Alt 10

 

 

 

G

 

 

Alt 71

 

 

 

s

 

 

Alt 115

 

 

 

ñ

 

 

Alt 164

 

 

 

²

 

 

Alt 0178

 

 

¤

 

 

Alt 15

 

 

 

H

 

 

Alt 72

 

 

 

t

 

 

Alt 116

 

 

 

Ñ

 

 

Alt 165

 

 

 

³

 

 

Alt 0179

 

 

 

 

Alt 20

 

 

 

I

 

 

Alt 73

 

 

 

u

 

 

Alt 117

 

 

 

ª

 

 

Alt 166

 

 

 

´

 

 

Alt 0180

 

 

§

 

 

Alt 21

 

 

 

J

 

 

Alt 74

 

 

 

v

 

 

Alt 118

 

 

 

º

 

 

Alt 167

 

 

 

¸

 

 

Alt 0184

 

 

[paste]

 

 

Alt 22

 

 

 

K

 

 

Alt 75

 

 

 

w

 

 

Alt 119

 

 

 

¿

 

 

Alt 168

 

 

 

¹

 

 

Alt 0185

 

 

[space]

 

 

Alt 32

 

 

 

L

 

 

Alt 76

 

 

 

x

 

 

Alt 120

 

 

 

¬

 

 

Alt 170

 

 

 

¾

 

 

Alt 0190

 

 

!

 

 

Alt 33

 

 

 

M

 

 

Alt 77

 

 

 

y

 

 

Alt 121

 

 

 

½

 

 

Alt 171

 

 

 

À

 

 

Alt 0192

 

 

 

 

Alt 34

 

 

 

N

 

 

Alt 78

 

 

 

z

 

 

Alt 122

 

 

 

¼

 

 

Alt 172

 

 

 

Á

 

 

Alt 0193

 

 

#

 

 

Alt 35

 

 

 

O

 

 

Alt 79

 

 

 

{

 

 

Alt 123

 

 

 

¡

 

 

Alt 173

 

 

 

Â

 

 

Alt 0194

 

 

$

 

 

Alt 36

 

 

 

P

 

 

Alt 80

 

 

 

|

 

 

Alt 124

 

 

 

«

 

 

Alt 174

 

 

 

Ã

 

 

Alt 0195

 

 

%

 

 

Alt 37

 

 

 

Q

 

 

Alt 81

 

 

 

}

 

 

Alt 125

 

 

 

»

 

 

Alt 175

 

 

 

Ä

 

 

Alt 0196

 

 

&

 

 

Alt 38

 

 

 

R

 

 

Alt 82

 

 

 

~

 

 

Alt 126

 

 

 

¦

 

 

Alt 179

 

 

 

Å

 

 

Alt 0197

 

 

 

 

Alt 39

 

 

 

S

 

 

Alt 83

 

 

 



 

 

Alt 127

 

 

 

ß

 

 

Alt 225

 

 

 

È

 

 

Alt 0200

 

 

(

 

 

Alt 40

 

 

 

T

 

 

Alt 84

 

 

 

Ç

 

 

Alt 128

 

 

 

µ

 

 

Alt 230

 

 

 

É

 

 

Alt 0201

 

 

)

 

 

Alt 41

 

 

 

U

 

 

Alt 85

 

 

 

ü

 

 

Alt 129

 

 

 

±

 

 

Alt 241

 

 

 

Ê

 

 

Alt 0202

 

 

*

 

 

Alt 42

 

 

 

V

 

 

Alt 86

 

 

 

é

 

 

Alt 130

 

 

 

°

 

 

Alt 248

 

 

 

Ë

 

 

Alt 0203

 

 

+

 

 

Alt 43

 

 

 

W

 

 

Alt 87

 

 

 

â

 

 

Alt 131

 

 

 

 

 

Alt 249

 

 

 

Ì

 

 

Alt 0204

 

 

,

 

 

Alt 44

 

 

 

X

 

 

Alt 88

 

 

 

ä

 

 

Alt 132

 

 

 

·

 

 

Alt 250

 

 

 

Í

 

 

Alt 0205

 

 

 

 

Alt 45

 

 

 

Y

 

 

Alt 89

 

 

 

à

 

 

Alt 133

 

 

 

 

 

Alt 0128

 

 

 

Î

 

 

Alt 0206

 

 

.

 

 

Alt 46

 

 

 

Z

 

 

Alt 90

 

 

 

å

 

 

Alt 134

 

 

 

 

 

Alt 0132

 

 

 

Ï

 

 

Alt 0207

 

 

/

 

 

Alt 47

 

 

 

[

 

 

Alt 91

 

 

 

ç

 

 

Alt 135

 

 

 

 

 

Alt 0133

 

 

 

Ð

 

 

Alt 0208

 

 

0

 

 

Alt 48

 

 

 

\

 

 

Alt 92

 

 

 

ê

 

 

Alt 136

 

 

 

 

 

Alt 0134

 

 

 

Ò

 

 

Alt 0210

 

 

1

 

 

Alt 49

 

 

 

]

 

 

Alt 93

 

 

 

ë

 

 

Alt 137

 

 

 

 

 

Alt 0135

 

 

 

Ó

 

 

Alt 0211

 

 

2

 

 

Alt 50

 

 

 

^

 

 

Alt 94

 

 

 

è

 

 

Alt 138

 

 

 

ˆ

 

 

Alt 0136

 

 

 

Ô

 

 

Alt 0212

 

 

3

 

 

Alt 51

 

 

 

_

 

 

Alt 95

 

 

 

ï

 

 

Alt 139

 

 

 

 

 

Alt 0137

 

 

 

Õ

 

 

Alt 0213

 

 

4

 

 

Alt 52

 

 

 

`

 

 

Alt 96

 

 

 

î

 

 

Alt 140

 

 

 

Š

 

 

Alt 0138

 

 

 

Ö

 

 

Alt 0214

 

 

5

 

 

Alt 53

 

 

 

a

 

 

Alt 97

 

 

 

ì

 

 

Alt 141

 

 

 

 

 

Alt 0139

 

 

 

×

 

 

Alt 0215

 

 

6

 

 

Alt 54

 

 

 

b

 

 

Alt 98

 

 

 

æ

 

 

Alt 145

 

 

 

Œ

 

 

Alt 0140

 

 

 

Ø

 

 

Alt 0216

 

 

7

 

 

Alt 55

 

 

 

c

 

 

Alt 99

 

 

 

Æ

 

 

Alt 146

 

 

 

 

 

Alt 0145

 

 

 

Ù

 

 

Alt 0217

 

 

8

 

 

Alt 56

 

 

 

d

 

 

Alt 100

 

 

 

ô

 

 

Alt 147

 

 

 

 

 

Alt 0146

 

 

 

Ú

 

 

Alt 0218

 

 

9

 

 

Alt 57

 

 

 

e

 

 

Alt 101

 

 

 

ö

 

 

Alt 148

 

 

 

 

 

Alt 0147

 

 

 

Û

 

 

Alt 0219

 

 

:

 

 

Alt 58

 

 

 

f

 

 

Alt 102

 

 

 

ò

 

 

Alt 149

 

 

 

 

 

Alt 0148

 

 

 

Ü

 

 

Alt 0220

 

 

;

 

 

Alt 59

 

 

 

g

 

 

Alt 103

 

 

 

û

 

 

Alt 150

 

 

 

 

 

Alt 0150

 

 

 

Ý

 

 

Alt 0221

 

 

< 

 

 

Alt 60

 

 

 

h

 

 

Alt 104

 

 

 

ù

 

 

Alt 151

 

 

 

 

 

Alt 0151

 

 

 

Þ

 

 

Alt 0222

 

 

=

 

 

Alt 61

 

 

 

i

 

 

Alt 105

 

 

 

ÿ

 

 

Alt 152

 

 

 

˜

 

 

Alt 0152

 

 

 

ã

 

 

Alt 0227

 

 

> 

 

 

Alt 62

 

 

 

j

 

 

Alt 106

 

 

 

¢

 

 

Alt 155

 

 

 

 

 

Alt 0153

 

 

 

ð

 

 

Alt 0240

 

 

?

 

 

Alt 63

 

 

 

k

 

 

Alt 107

 

 

 

£

 

 

Alt 156

 

 

 

š

 

 

Alt 0154

 

 

 

õ

 

 

Alt 0245

 

 

@

 

 

Alt 64

 

 

 

l

 

 

Alt 108

 

 

 

¥

 

 

Alt 157

 

 

 

 

 

Alt 0155

 

 

 

÷

 

 

Alt 0247

 

 

A

 

 

Alt 65

 

 

 

m

 

 

Alt 109

 

 

 

P

 

 

Alt 158

 

 

 

œ

 

 

Alt 0156

 

 

 

ø

 

 

Alt 0248

 

 

B

 

 

Alt 66

 

 

 

n

 

 

Alt 110

 

 

 

ƒ

 

 

Alt 159

 

 

 

Ÿ

 

 

Alt 0159

 

 

 

ü

 

 

Alt 0252

 

 

C

 

 

Alt 67

 

 

 

o

 

 

Alt 111

 

 

 

á

 

 

Alt 160

 

 

 

¨

 

 

Alt 0168

 

 

 

ý

 

 

Alt 0253

 

 

D

 

 

Alt 68

 

 

 

p

 

 

Alt 112

 

 

 

í

 

 

Alt 161

 

 

 

þ

 

 

Alt 0254

 

 

 

©

 

 

Alt 0169

 

 

 

Tambem é bacana fazer novos testes usando o Word mesmo ou qualquer outro editor de texto, é só segurar a tecla Alt e digitar um código qualquer.

A Criação do Mundo Segundo o Root

16/02/2009

Encontrei esse texto na web e achei muito interessante, porque nem o mais nerd dos nerd’s encontraria tanta graça se não tivesse lido pelo menos o inicio da Bíblia.

Parte 1 – O surgimento do sistema

Capitulo 1 – O Caos
no inicio havia apenas o caos. e não havia superblocks, e todos os inodes estavam espalhados pelos setores, e tudo era devastação. e havia apenas o root sobre a superfície do disco.

e o root resolveu e disse: isso não pode continuar assim. e o root fez fdisk e eis que surgiram grandes divisões nos setores. e havia setores abaixo e acima dos dados. e aos abaixo dos dados, ele chamou de tabela de partições, e aos acima dos dados ele chamou de freeblocks.

e o root passou a formata-los . e os setores passaram a estar organizados, e haviam grandes superblocks nas águas de profundeza e inodes estavam sobre a superfície do disco. e o root passou a chama-los de filesystem. e o root viu q era bom e gravou a tabela de filesystems no fstab.

Capitulo 2 – O Inicio do sistema
e o root olhou para o filesystem e viu q faltava algo. e o root criou grandes diretórios e pequenos devices. e viu q era bom.

então o root viu o q havia criado, e tudo funcionava perfeitamente. mas faltava algo. e disse: passe a haver vida. e foram criados os processos do kernel e o init.

e eis q era bom, e o root editou o rc.d e instalou a glibc, e veio a haver luz. e o root passou a chamar o que havia criado de sistema.

Capitulo 3 – O surgimento do usuário
então o root passou a tomar dos bytes da memoria e dos dados do urandom, e dele formou o usuário. e ao usuário foi concedido o shell. e o usuário passou a viver. e o root lhe disse: venha a ter em sujeição os diretórios do disco e os bytes da memoria. de todos os recursos podeis utilizar, apenas não toqueis no su. pois deveras vos digo que, no dia em que tocares no su, farei um kill -9 em teu shell e apagar-te-ei do passwd.

e o usuário passou a estar no jardim do /home, e eis que tudo era bonito e perfeito dentro do /home. e o usuário vivia feliz em seu home directory.

Capitulo 4 – A criação da interface gráfica
e o usuário vivia feliz, mas sentia que lhe faltava algo. cada nod possui-a seu device no sistema, mas o usuário nao tinha ninguém para lhe fazer companhia.

e o root passou e extrair uma instrução do shell do usuário, e dela passou a formar a interface grafica. e chamou-a de X. então o root levou a X ate o usuário, e disse-lhes: sede fecundos e tornai-vos muitos, e populai o filesystem, e usai toda a memoria da placa de video.

e o usuario passou a viver com a interface gráfica, e eis que agora ele podia multiplicar seus terminais.

Capitulo 5 – A traição da interface gráfica
e a interface gráfica andava a passear pelo filesystem, quanto eis que vem em sua direção o mais vil de todos os arquivos criados pelo root: o HOWTO-SU. e o HOWTO incitava a curiosidade da interface gráfica. e lhe dizia: eh mesmo assim q o root disse, que não deveis usar o su? pois eis q o root sabe q, no dia que usares o su, positivamente vos tornareis igual a ele. e podereis decidir o q eh bom e o que eh mal, e podereis criar outros usuários, e nods, e formatar os discos. e o HOWTO lhe ensinou a usar o man.

e a interface gráfica foi ate o usuário, e lhe contou estas coisas, e lhe mostrou a manpage. e o usuário então digitou su no seu console, e eis que o # aparece em seu prompt. e ele passou a ver que estavam ambos limitados na memoria, e que tudo podia ser visto pelo /proc, e ambos ficaram envergonhados e se esconderam do utmp.

e o root passou a fazer um who e viu ambos se escondendo. e perguntou-lhes: por q te escondeis? acaso digitastes su em teu console?
e o usuário respondeu-lhe: foi essa interface que me destes. ela passou a me mostrar as manpages e os howtos, e por isso digitei.

e o root passou a ficar encolerizado e amaldiçoou a ambos, dizendo-lhes: vos sois amaldiçoados! deveras te digo que tua senha expirara, e sua entrada no passwd sera apagada. e tu, interface gráfica, estas amaldiçoada. nenhuma placa aceleradora funcionara bem em ti, e sempre terás pouca memoria de video. e eis q vos amaldiçôo a ambos, e eis que vira a haver o inimigo, e dividiras teu espaço em disco com o windows. e ele travara e te dará badblocks e lost inodes, e pelo resto de tua existência terá que conviver com a desgraça, ate q tua senha expire.

e tu, howto-su, maldito estas, e teus HOWTOs estarão sempre incompletos, e estarás rastejando para sempre no tldp.org. e ninguém leras mais tuas manpages, e todos os usuários irão perguntar no irc como faz.

e o root deixou-os, e corrompeu o filesystem e mudou as permissões do /home, para que o usuário não pudesse mais voltar ao jardim do HomeDirectory. e o usuário passou a ter que compilar seus programas, e escrever seus módulos.

e assim se deu.